24/11/2015

21:15

Por: Alberto Silva

“O pior está por vir” Obama e Hollande, podem atacar Rússia por apoiar Assad, guerra mundial !!

Em pronunciamento na Casa Branca nesta terça-feira (24), os presidentes Barack Obama, dos EUA, e François Hollande, da França, criticaram o apoio russo ao presidente sírio Bashar el-Assad e convocaram a união de países em guerra contra o Estado Islâmico.

Ao relembrar os ataques de 13 de novembro em Paris, Obama afirmou que ataques descoordenados na Síria aumentam a força do EI. “Não podemos e não vamos sucumbir ao medo. Nem podemos deixar que o medo nos divida, pois é dessa maneira que os terroristas vencem.” Ou a Rússia está junto ou contra.

Hollande vai se encontrar com Vladimir Putin em Moscou na próxima quinta-feira para negociar a participação da Rússia na coalizão contra o grupo jihadista.

“Devemos unir todos os países que têm vontade de encontrar uma solução para a Síria que permita erradicar o terrorismo.” Hollande defendeu uma solução diplomática para a crise síria com “um governo de união nacional mas sem Bachar el-Assad”.

Derrubada de avião russo

O encontro entre François Hollande e Barack Obama acontece no mesmo dia em que um avião russo foi derrubado por caças turcos na fronteira sírio-turca, incidente que a Turquia atribui a uma violação de seu espaço aéreo, o que a Rússia negou incisivamente.

Sobre a derrubada do avião russo, o presidente norte-americano afirmou que a Turquia tem direito de defender seu território e disse que ainda são necessárias mais informações para saber o que aconteceu realmente. No entanto, Obama e Hollande pediram que os países evitem a escalada de tensão na região.

Apoio dos Estados Unidos à França

Obama declarou que os Estados Unidos apoiarão a França com forças militares e com informações para destruir o Estado Islâmico. “Os Estados Unidos e a França estão unidos, em total solidariedade, para fazer justiça a esses terroristas”, disse.

De acordo com os presidentes, os ataques aéreos ao EI na Síria e no Iraque devem ser intensificados nos próximos tempos. Hollande disse ainda que os dois líderes concordaram com a importância do fechamento da fronteira da Síria com a Turquia para limitar o movimento de extremistas na Europa.

O presidente dos Estados Unidos lembrou ainda o ataque a um hotel no Mali na última sexta-feira para dizer que a luta contra terroristas não deve ser travada apenas contra o Estado Islâmico.

Hollande planeja se reunir nesta quarta-feira em Paris com a chanceler alemã, Angela Merkel, e na quinta-feira, após receber o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, viajará a Moscou para se reunir com Vladimir Putin.

(Com informações da agências internacionais) Via Uol

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

105