26/09/2016

11:11

Por: Alberto Silva

O mundo está envelhecendo: É grande o número de pessoas com mais de 100 anos!

A taxa de natalidade diminui, enquanto que a expectativa de vida aumenta.

No Brasil, uma portaria do Ministério da Saúde, criou o Pacto pela Saúde e da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Das capitais brasileiras, Porto Alegre é a que possui a maior população de idosos, com  15% do total, acima de 60 anos. O maior desafio, para o mundo todo na atualidade, é a aceleração do crescimento da população idosa, que infelizmente não vem acompanhado das políticas públicas necessárias e específicas para enfrentar a situação e o desequilíbrio que isso representa para o futuro.

O Japão bateu de novo neste ano o número recorde de cidadãos centenários, com um total de 65.692 registrados no censo, o que representa 4.124 ou 6,7% a mais que em setembro de 2015, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde. Deles, 87,6% são mulheres, segundo os números revelados por ocasião da celebração do “Dia do Respeito aos Idosos”, festividade nacional que é comemorada em 19 de setembro.

O volume de centenários aumentou de maneira contínua desde 1971 e o Ministério prevê que o número cresceu principalmente pelos avanços dos tratamentos médicos. Quando as autoridades japonesas começaram a organizar os dados em 1963, o número de centenários era de 153, e 35 anos depois, em 1998, superaria pela primeira vez os 10.000.

O volume de centenários aumentou de maneira contínua desde 1971 e o Ministério prevê que o número cresceu principalmente pelos avanços dos tratamentos médicos. Quando as autoridades japonesas começaram a organizar os dados em 1963, o número de centenários era de 153, e 35 anos depois, em 1998, superaria pela primeira vez os 10.000

Neste ano, o número de mulheres centenárias aumentou 3.797 (ou 7,06%) até as 57.525, enquanto o número de homens maiores de 99 cresceu 327 (ou 4,1%) até os 8.167. Nabi Tajima, de 116 anos (nasceu em agosto de 1900) e residente em Kagoshima, é a mulher mais velha do Japão, enquanto o homem de maior idade é Masamitsu Yoshida, de 104 anos. A esperança de vida média para as mulheres se situa em setembro de 2016 em 87,05 anos, enquanto para os homens fica em 80,79.

Em números absolutos, o Japão tem a segunda maior população com mais de 100 anos, atrás dos Estados Unidos (com mais de 70.000 pessoas.). Proporcionalmente, porém, o país asiático é o que tem a maior população centenária, com quase 5% de pessoas com mais de 100 anos para cada 100.000 habitantes. Neste critério, a Itália ocupa a segunda posição, com 4,1% para cada 100.000. O Brasil tem mais de 32.000 centenários, de acordo com a pesquisa IBGE de 2013.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91