14/05/2016

14:05

Por: Alberto Silva

O medo do governo DILMA fez 614 mil beneficiários sacarem seus dinheiros, veja..

O medo de um governo falido e cheio de pessoas envolvidas em roubos. Essa era o retrato do governo Dilma.
O Ministério da Fazenda informou que mais de 614 mil beneficiários do programa PIS-Pasep foram às agências do Banco do Brasil (BB) e da Caixa Econômica Federal e sacaram os valores de cotas disponíveis em suas contas individuais após campanha do governo sobre o assunto entre novembro de 2015 a abril de 2016. Esse montante representa uma ampliação de 269 mil saques (ou 78%) em relação ao observado entre novembro de 2014 e abril de 2015. As informações são da Agência Brasil.

O Estado de São Paulo concentrou o maior número de saques (208.724), seguido por Minas Gerais (66.740), pelo Rio de Janeiro (64.396), Rio Grande do Sul (51.982), Paraná (37.696) e Santa Catarina (25.243). O balanço do Ministério da Fazenda mostra ainda que o maior aumento foi verificado nas retiradas feitas por beneficiários com 70 anos ou mais, que passaram de 3,7 mil para quase 190 mil.

Para esse público, foram enviadas pelo BB e a Caixa quase 920 mil malas diretas informando sobre a existência de saldo disponível para saque nas contas individuais dos programas. Até o fim de 2015, encerramento do exercício do Fundo PIS-Pasep, pouco mais 4,6 milhões de cadastrados tinham direito ao saque por idade.

O Estado de São Paulo concentrou o maior número de saques (208.724), seguido por Minas Gerais (66.740), pelo Rio de Janeiro (64.396), Rio Grande do Sul (51.982), Paraná (37.696) e Santa Catarina (25.243). O balanço do Ministério da Fazenda mostra ainda que o maior aumento foi verificado nas retiradas feitas por beneficiários com 70 anos ou mais, que passaram de 3,7 mil para quase 190 mil.

Têm direito ao saque das cotas os inscritos nos programas até 4 de outubro de 1988 que possuam saldo em suas contas individuais e que se enquadrem em um dos seguintes motivos: aposentadoria; idade igual ou superior a 70 anos; invalidez (do participante ou dependente); transferência para reserva remunerada ou reforma (no caso de militar); idoso e/ou portador de deficiência alcançado pelo Benefício da Prestação Continuada; participante ou dependente acometido por neoplasia maligna, vírus HIV ou doenças listadas na portaria interministerial MPAS/MS nº 2998/2001 ; ou morte, situação em que o saldo da conta será pago aos dependentes ou sucessores do titular.

Os interessados devem procurar o Banco do Brasil, quando inscritos no Pasep, ou a Caixa Econômica Federal, que é a instituição administradora do PIS. Os documentos necessários para o saque podem ser consultados nos sites dessas instituições: http://www.caixa.gov.br/pis (ver no item ‘Quotas do PIS’) e www.bb.com.br/pasep (ver na aba ‘Quando e Como Sacar o Saldo’).

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104