10/06/2016

13:13

Por: Alberto Silva

O delator que acabou com a vida de Dilma, ele disse o que repassou para campanha

Segundo O Globo, o engenheiro Zwi Skornicki, representante no Brasil do estaleiro Keppel Fels, contou à força-tarefa que o então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, lhe pediu US$ 4,5 milhões (R$ 15,2 milhões) para ajudar a financiar a campanha pela reeleição de Dilma Rousseff, em 2014. O pagamento foi feito diretamente em uma conta do marqueteiro João Santana na Suíça, e não foi declarado à Justiça Eleitoral.

Fica difícil disputar uma eleição, sabendo que estes partidos que aí estão, utilizarão de dinheiro sujo. Infelizmente, chegamos em um certo ponto que o impeachment não resolve, que novas eleições não não irão resolver. É preciso começar tudo outra vez.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

loading...
94