30/04/2016

13:32

Por: Alberto Silva

Manifestantes invadem Parlamento em área protegida de Bagdá

Os manifestantes carregavam bandeiras do Iraque e gritavam frases contra o governo.

Centenas de apoiadores do clérigo xiita Moqtada al-Sadr invadiram a altamente fortificada Zona Verde, em Bagdá, no Iraque, e entraram no Parlamento. Os manifestantes carregavam bandeiras do Iraque e gritavam frases contra o governo.
Depois de meses de protestos do lado de fora, é a primeira vez que manifestantes invadem a Zona Verde, região com segurança reforçada em Bagdá para abrigar os prédios do governo e embaixadas estrangeiras.

Alguns manifestantes gritavam “os covardes fugiram”, em aparente referência aos parlamentares que se reuniam ali minutos antes e deixaram o prédio. Outros gritavam “pacífico”.

Alguns deles ficaram em cima dos muros de concreto que cercam a zona verde. Segundo a agência de notícias Reuters, outros milhares estavam nos portões do distrito.

Alguns manifestantes gritavam "os covardes fugiram", em aparente referência aos parlamentares que se reuniam ali minutos antes e deixaram o prédio. Outros gritavam "pacífico".

Mais cedo, o influente clérigo al-Sadr acusou os políticos iraquianos de bloquear os esforços para implementar reforma política de combate a corrupção e desperdícios. Os manifestantes dizem protestar para pressionar o governo a adotar as medidas.
Protestos cada vez mais tensos e uma série de tentativas fracassadas de reformas paralisam o governo iraquiano, que luta ainda para conter o avanço do Estado Islâmico em seu território e a crise econômica causada pela queda do preço do petróleo.

Texto FolhaPress  - Imagem ilustrativa

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96