26/07/2016

10:25

Por: Alberto Silva

Lula se diz traído por João Santana, “Entregar caixa 2 de Dilma para Sérgio Moro foi jogo sujo”

Um outro mistério que deixa meus neurônios fervendo é por que José Sérgio Gabrielli, o presidente da Petrobras justamente na época que o esquema funcionou, até agora não foi incomodado pela operação Lava a Jato.

Eu tenho acompanhado esses depoimentos da bandidagem que Lula organizou para saquear a Petrobras e cada vez mais me convenço de que o propósito não é punir políticos, da mesma forma como aconteceu com o processo do mensalão, onde somente os empresários envolvidos foram realmente punidos.

Esse juiz Sérgio Moro não tem sozinho o poder de punir os políticos, até porque eles têm foro privilegiado e só podem ser julgados pelo STF-Supremo Tribunal da Fancaria que não julga nem pune ninguém poque é um apêndice do sistema político vigente nesse prostíbulo chamado Brasil.

Você há de argumentar que o Lula não tem mais foro privilegiado e eu lhe digo que é de todos o mais protegido porque, como bandido chefe, sabe de tudo e pode foder com todo mundo porque ninguém de importância escapa e as cabeças mais coroadas da política brasileira estão envolvidas até o pescoço.

Você lembra do Collor de Melo. Fechou as torneiras da corrupção para todo mundo, menos para ele próprio. Na era Collor foi o período em que se roubou menos no Brasil porque era ele sozinho a roubar. Recorreram então à constituição e meteram o impeachment nele. As acusações? Um empréstimo de cinco milhões feito no Uruguai e uma Fiat Elba que recebeu de presente e foi considerado propina.

Você lembra do Collor de Melo. Fechou as torneiras da corrupção para todo mundo, menos para ele próprio. Na era Collor foi o período em que se roubou menos no Brasil porque era ele sozinho a roubar. Recorreram então à constituição e meteram o impeachment nele. As acusações? Um empréstimo de cinco milhões feito no Uruguai e uma Fiat Elba que recebeu de presente e foi considerado propina.

Agora a coisa envolve tanto dinheiro que nem se pode comparar com qualquer outro em épocas passadas. Lula não é bobo e abriu o leque da corrupção para quem quisesse entrar. Só que ele sabe nome por nome, detalhe por detalhe, quem foram os beneficiados, inclusive dentro das instituições como a justiça, o ministério público, a polícia federal, etc. Ou você acha que não tem gente nesses órgãos todos que foram comprados para ajudar ou facilitar a coisa?

Um outro mistério que deixa meus neurônios fervendo é por que José Sérgio Gabrielli, o presidente da Petrobras justamente na época que o esquema funcionou, até agora não foi incomodado pela operação Lava a Jato. Esse cara sabe muita coisa e até se beneficiou do esquema. Até a Graça Foster já foi dar depoimento ao juiz Sérgio Moro, mas ninguém mexe com Gabrielli. Não será justamente porque ele sabe demais?

Ontem eu ouvi o depoimento do Zwi Skornick, que pagou 4,5 milhões de dólares ao João Santana no exterior. É arrasador o depoimento dele assim como foram os do João Santana e da mulher Mônica. Com base nesses três depoimentos já era para o PT ter tido sua sede interditada, todos os seus dirigentes presos e o processo de cassação do partido iniciado. Isto se houvesse vontade realmente de resolver o problema, mas não existe.

O caso brasileiro choca pelas dimensões e pelos nomes envolvidos e é um caso clássico a exigir uma intervenção de forças estranhas ao processo, que no caso só poderiam ser os militares. Ocorre que eu acredito e só os ingênuos não acreditam, que os militares foram também cooptados pelo sistema comandado pelo Foro de São Paulo, ou seja, Lula, teu grande amigo.

Em resumo, o caso brasileiro só pode ser resolvido à balas, balas de grosso calibre, porque com essa justiça que ai está a tergiversar e a procrastinar tudo, seus netos e bisnetos vão ficar velhinhos assistindo ao desenrolar desse drama de cafajestes.

Portanto, Dorival, e povo brasileiro, é bom cair na real para depois não cair da cama. Queda de cama doí muito.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104