18/08/2016

10:52

Por: Alberto Silva

Lula responde a pedido de prisão com novos ataques a promotor do MP-SP

Em nota divulgada nesta noite (10), pedido de prisão seria 'tentativa de o promotor usar seu cargo para fins políticos'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva respondeu ao pedido de prisão preventiva entregue pelo Ministério Público de São Paulo à Justiça. Em nota divulgada no início desta noite (10) por meio de seu instituto, o ex-presidente voltou a atacar a conduta do promotor Cássio Conserino, responsável pelo caso.

Segundo o texto, o pedido de prisão preventiva contra Lula seria “mais uma triste tentativa [do promotor] de usar seu cargo para fins políticos”.

Confira a íntegra da nota:

“O promotor paulista que antecipou sua decisão de denunciar Luiz Inácio Lula da Silva antes mesmo de ouvir o ex-presidente dá mais uma prova de sua parcialidade ao pedir a prisão preventiva de Lula. Cássio Conserino, que não é o promotor natural deste caso, possui documentos que provam que o ex-presidente Lula não é proprietário nem de triplex no Guarujá nem de sítio em Atibaia, e tampouco cometeu qualquer ilegalidade. Mesmo assim, solicita medida cautelar contra o ex-presidente em mais uma triste tentativa de usar seu cargo para fins políticos.”

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

94