07/04/2016

11:12

Por: Alberto Silva

Luiz Inácio, Vulgo ‘Lula’ apoia candidato à Prefeitura do Rio acusado de espancar a esposa

Pedro Paulo deu um soco no olho, quebrou os dentes dela, além de chutes na ex-esposa em 2010. Ele confirmou os crimes na maior cara de pau e continua sendo o pré-candidato do PMDB no Rio de Janeiro. Ele devia estar na cadeia, isso sim!

E não é só o ex-presidente. O atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, o ex-governador Sérgio Cabral e o atual Luiz Fernando Pezão já declararam que Pedro Paulo, o espancador de mulheres, será o candidato do PMDB à Prefeitura do Rio.

É um verdadeiro tapa na cara de todas as mulheres cariocas e brasileiras. Como pode um espancador de mulheres confesso ser candidato à Prefeitura da segunda maior cidade do Brasil? Diversas manifestações estão sendo feitas em todo o Rio de Janeiro contra Pedro Paulo, que é braço direito de Eduardo Paes.

Pedro Paulo deu um soco no olho, quebrou os dentes dela, além de chutes na ex-esposa em 2010. Ele confirmou os crimes na maior cara de pau e continua sendo o pré-candidato do PMDB no Rio de Janeiro. Ele devia estar na cadeia, isso sim!

E o pior. Depois deste primeiro episódio, Pedro Paulo foi acusado de novo pela ex-esposa de agredi-la novamente. Enquanto esse cara não for preso, ele não vai parar. Cadê a Lei Maria da Penha? Isso é crime nato de violência doméstica. “A cada cinco minutos, uma mulher é agredida violentamente no Brasil. É inaceitável que Pedro Paulo seja candidato à prefeitura da cidade do Rio de Janeiro”, afirma o grupo feminista batizado de Mulheres contra Pedro Paulo.

Se Pedro Paulo puder concorrer à Prefeitura do Rio de Janeiro e não for preso pelos seus crimes, ele vai ser a prova de que a Lei Maria da Penha só existe no papel e que mulher nenhuma tem segurança neste país. Uma vergonha enorme para a sociedade brasileira e para a família

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93