11/03/2016

14:33

Por: Alberto Silva

Juíza que vai julgar pedido ‘Prisão de Lula’ se diz preocupada com superexposição

Vossa Excelência tem que levar em consideração a superexposição que o povo brasileiro teve até hoje perante o mundo!

Será que a magistrada também observou a superexposição do nosso Brasil perante o mundo?  Conhecida pela discrição, e rigor técnico, a juíza titular da 4ª Vara Criminal da capital Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira já relatou a colegas do Fórum da Barra Funda sua preocupação com a superexposição do pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que julgará nos próximos dias.

Juízes e promotores dizem que a magistrada tem perfil de quem não cede a pressões e apostam que ela levará alguns dias para terminar o exame dos 36 volumes da denúncia contra Lula, já que é muito cuidadosa na análise das causas.

Segundo uma colega de fórum, nesta quinta-feira Veiga fechou as janelas da sala onde trabalha para preservar sua privacidade profissional.

Formada em 1995 pela Faculdade de Direito da USP (Largo São Francisco), Veiga completará no fim de março 17 anos na magistratura.

Antes de chegar à etapa final da carreira de primeira instância, como juíza titular de uma vara da capital, a magistrada atuou nas cidades de Mogi das Cruzes e Embu.

PROMOTOR

O promotor Cassio Roberto Conserino, 41, principal responsável pela denúncia contra Lula, tem “grandes brigas” no currículo, que incluem Palocci, pedófilos e criminosos do PCC.

Filho de promotor aposentado, o paulistano Conserino ingressou na carreira em 2000. Segundo colegas, não tem nenhuma ligação política partidária. É tido com “competente e corajoso”.

Em 2003, em Porto Ferreira, denunciou uma rede de pedofilia formada por políticos e empresários.

No mesmo ano, participou em Ribeirão Preto de um grupo que investigou esquema de corrupção na prefeitura, na gestão do petista Antonio Palocci Filho. Um dos esquemas envolvia o suposto pagamento de propina de R$ 50 mil mensais a Palocci, que seria repassada ao PT.

(Via Agência)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93