30/06/2016

10:32

Por: Alberto Silva

Irmão de Ivete Sangalo diz não ter contato com a cantora e nega desvio de dinheiro

Ele, que em 2015 sofreu grave acidente de carro, se defendeu das acusações e revelou que não mantém nenhum tipo de contato com a irmã famosa desde o ocorrido, em 2011.

Jesus Sangalo, irmão e ex-empresário de Ivete Sangalo afastado da carreira da cantora após suposto desvio de dinheiro, falou pela primeira vez sobre a briga com a futura jurada na versão adulta do “The Voice Brasil”. Ele, que em 2015 sofreu grave acidente de carro, se defendeu das acusações e revelou que não mantém nenhum tipo de contato com a irmã famosa desde o ocorrido, em 2011.

“Se qualquer pessoa entrar na web, vai encontrar que eu dei um desfalque de alguns milhões de reais na empresa que eu era o presidente. E eu não dei. Isto me prejudicou absurdamente. Não só profissionalmente, como psicologicamente. Foi terrível pra mim. Terrível!”, disse em entrevista ao “Câmera Record”, que vai ao ar nesta quinta-feira (30).

Jesus atualmente trabalha fazendo palestras nas quais vende cosméticos e reclama que a irmã, que vai receber R$ 1,5 milhão para fazer show no próximo Réveillon, não o defendeu. “Existe um poder no microfone que é muito legal para sanar e acabar com dúvidas. Talvez este poder não tenha sido usado”, disparou. “Eu não estava me afastando de qualquer um. Eu estava me afastando da maior estrela do país, que ajudei a chegar onde esta hoje”, continuou o ex-empresário, que, há anos sem contato com Ivete, é categórico ao responder se sente falta da irmã: “Não”.

"Eu não estava me afastando de qualquer um. Eu estava me afastando da maior estrela do país, que ajudei a chegar onde esta hoje"

Jesus era presidente da Caco de Telha, empresa que gerencia a carreira de Ivete, e foi afastado pela cantora após suspeitas de desvio de dinheiro, o que foi negado por ela em entrevista à revista “Veja”: “Ele nunca fez isso. Não fez nada disso. Começamos a discordar sobre o modo de tocar os negócios e, quando você trabalha com alguém por quinze anos, essas divergências se tornam pesadas a ponto de um não querer ouvir a opinião do outro”, disse a artista, na época. “Decidi cuidar eu mesma dos meus negócios. Apenas isso”, finalizou a cantora, que lamentou agressão seguranças a seus fãs.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

105