17/03/2016

17:17

Por: Alberto Silva

Impeachment de Dilma será votado hoje 17, presidente porderá ter suspenção por 180 dias

Deputados estão correndo para terminar todo tramite ainda hoje - Após reunião em meio à crise política, presidente da Câmara dos Deputados marcou a eleição da comissão especial que analisará o pedido

O que parece estar ruim ainda pode piorar. Se deputados votarem pela instalação do Impeachment de Dilma a mesma poderá ser suspensa do cargo por 180 dias.  O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), marcou para esta quinta-feira a eleição da comissão especial que analisará o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A decisão foi tomada depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu o julgamento dos embargos. A sessão extraordinária da Câmara está marcada para as 10h (horário de Brasília) e os líderes partidários terão até as12h para indicar os nomes dos parlamentares para a comissão especial.

Na noite desta quarta, em meio a novos protestos contra o governo Dilma e a indicação de Luiz Inácio Lula da Silva ao Ministério da Casa Civil, Cunha se reuniu com líderes partidários para deliberar sobre o rito de tramitação do processo de impeachment.

Pelas regras do processo de impeachment, a comissão será formada por 65 deputados titulares e igual número de suplentes, a serem indicados pelos respectivos líderes das bancadas, de acordo com o tamanho dos partidos na Câmara. Para ser eleita, a chapa precisará da maioria simples dos votos, desde que votem no mínimo 257 deputados.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104