18/10/2016

14:15

Por: Nathalia Benjamim

Homem ajuda namorada a realizar fantasia sexual de engordar até não se mexer mais

contramão da maioria das mulheres, a americana Monica Riley não sonha com cintura fina e músculos definido

Indo na contramão da maioria das mulheres, a americana Monica Riley não sonha com cintura fina e músculos definidos. A mulher, de 32 anos, só deseja uma coisa: engordar ao ponto de não conseguir mais se movimentar sozinha. Atualmente Monica já pesa 445 kg, mas ainda faltam 10 kg para atingir seu objetivo final.

Ao jornal Metro, Monica disse que é tudo uma fantasia sexual. Para a missão, a americana conta com o namorado Sid Riley, que dedica seu tempo livre para cozinhar e dar comida para a amada — algumas vezes, através de um funil. “É um grande estímulo para nós dois. Acho essa experiência muito sexy e seu sei que o Sid também gosta”, revelou à publicação. Segundo Monica, quanto mais obesa fica, mais sexy se sente. Ela, inclusive, defende que encher o estômago de comida é algo que a excita sexualmente. “Engordar me faz feliz.”

Desde que conheceu o namorado, há quatro meses, ela mantém uma dieta diária de 8 mil calorias. A alimentação da jovem inclui um galão de sorvete por dia, biscoitos, salsichas, cereais açucarados, quatro McChicken, quatro cheeseburgers duplos, porções grandes de batatas fritas, 30 nuggets de frango, macarrão com queijo e tacos.

Desde que conheceu o namorado, há quatro meses, ela mantém uma dieta diária de 8 mil calorias. A alimentação da jovem inclui um galão de sorvete por dia, biscoitos, salsichas, cereais açucarados, quatro McChicken, quatro cheeseburgers duplos, porções grandes de batatas fritas, 30 nuggets de frango, macarrão com queijo e tacos.

O casal criou um canal no Instagram e no Youtube para dividir a experiência com os seguidores.

 

(Via Agencia)

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91