07/10/2016

09:37

Por: Alberto Silva

Gilmar Mendes doará indenização de Mônica Iozzi para creche em Brasília

O ministro entrou com ação contra Monica alegando que ofendeu sua honra e imagem. O juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concordou com Mendes e afirmou que houve "abuso do direito à manifestação" e que a decisão tem caráter pedagógico.
vai doar indenização de Monica Iozzi para creche

A atriz e apresentadora Monica Iozzi irá recorrer da decisão da Justiça que a condenou a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes. Com a decisão favorável à condenação, o ministro Gilmar Mendes prometeu doar integralmente os valores da indenização. Segundo o G1, o gabinete de Mendes afirma que a doação será feita para a creche Casa da Mãe Preta do Brasil, instituição de ensino e cuidado de crianças de até 5 anos, em Brasília.

Um abaixo-assinado criado no site Change.org pede que Gilmar Mendes releve a decisão que condena Monica Iozzi. A petição foi criada por Vana Lopes, uma das vítimas de Roger Abdelmassih. A hashtag #MeProcessaGilmar também foi criada.O ministro processou a atriz depois que ela criticou o hapeas corpus concedido ao médico Roger Abdelmassih, acusado de abusar sexualmente de pacientes. “Se um ministro do STF faz isso… nem sei o que esperar”, escreveu a atriz no Instagram. “Cúmplice?”, questionou.Se um ministro do Supremo Tribunal Federal faz isso… Nem sei o que esperar…

A photo posted by Monica Iozzi (@monica.iozzi) on May 28, 2016 at 8:35am PDT
O ministro entrou com ação contra Monica alegando que ofendeu sua honra e imagem. O juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concordou com Mendes e afirmou que houve “abuso do direito à manifestação” e que a decisão tem caráter pedagógico.

"Os advogados de Monica Iozzi irão recorrer da decisão. Vale ressaltar que a atriz reafirma que não houve qualquer tipo de ofensa ao ministro, mas sim a expressão de uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país. Médico acusado e condenado por ter abusado sexualmente de dezenas de suas pacientes."

A nota da assessoria da atriz foi publicada em seu perfil nas redes sociais:”Os advogados de Monica Iozzi irão recorrer da decisão. Vale ressaltar que a atriz reafirma que não houve qualquer tipo de ofensa ao ministro, mas sim a expressão de uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país. Médico acusado e condenado por ter abusado sexualmente de dezenas de suas pacientes.”

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92