20/09/2016

11:14

Gilberto Kassab deve explicações ao Ministério Público por irregularidades no contrato de publicidade de mobiliários urbanos

O promotor José Carlos Blat, o mesmo responsável pela investigação do caso Bancoop, pediu acesso aos autos da Lava Jato sobre a Odebrecht, em busca de elementos para apurar o caso.

Por: Alberto Silva

O Ministério Público de São Paulo instaurou inquérito civil para investigar um contrato de R$ 300 milhões assinado pelo então prefeito Gilberto Kassab (PSD), hoje ministro, com o consórcio Pra São Paulo, que tem a Odebrecht como participante. O contrato, que tem como objeto a prestação de serviço de publicidade em transporte público, foi alvo de denúncias de irregularidades. O promotor José Carlos Blat, o mesmo responsável pela investigação do caso Bancoop, pediu acesso aos autos da Lava Jato sobre a Odebrecht, em busca de elementos para apurar o caso.

style="text-align: justify;">

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

89