29/09/2016

11:33

Por: Alberto Silva

Gay em nova série, Bruno Garcia dispara: ‘Eu ia adorar dar uns beijos’

Na história sobre os bastidores da era do rádio e da criação da televisão, Aristides teve um relacionamento com Rodolfo (Alejandro Claveaux), gay enrustido por conta do posto de galã

Oito anos se passaram desde que Bruno Garcia se viu no meio de uma polêmica, ao discutirem se seria dele e de Guilherme Weber o primeiro beijo entre homens na TV, em “Queridos amigos” (2008). Agora, na pele de um homossexual dos anos 50, Bruno volta à cena sem alardes.

— Infelizmente não vai ter. Mas eu ia adorar dar uns beijos (risos) — avisa o ator.

Na série “Nada será como antes”, Bruno é Aristides, roteirista, braço direito de Saulo (Murilo Benício) e bem resolvido sexualmente.

— Aristides é um cara muito interessante, tem alma de artista, é sensível. Os dois tiveram um lance no passado. Nas novas aventuras de Rodolfo, coisas desagradáveis acontecem, e Aristides é aquele ombro amigo. Mas não haverá cenas de intimidade — deixa claro.

— Ele é desencanado, tem a mente aberta. Naquela época, não era comum que se “soltasse a franga”. Então criei um tipo com muita sutileza. Fugir do estereótipo não foi um desafio, foi uma obrigação dentro do que estava proposto no roteiro, o que não foi fácil — entrega ele.

Na história sobre os bastidores da era do rádio e da criação da televisão, Aristides teve um relacionamento com Rodolfo (Alejandro Claveaux), gay enrustido por conta do posto de galã.

— Aristides é um cara muito interessante, tem alma de artista, é sensível. Os dois tiveram um lance no passado. Nas novas aventuras de Rodolfo, coisas desagradáveis acontecem, e Aristides é aquele ombro amigo. Mas não haverá cenas de intimidade — deixa claro.

Com direção de José Luiz Villamarim, “Nada será como antes” estreou com o amor abalado de Saulo e Verônica (Débora Falabella), e a exuberância da sedutora Beatriz (Bruna Marquezine), ingredientes que renderam à atração 21 pontos de audiência.

(Via Agencia)

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91