21/11/2015

11:20

Por: Alberto Silva

‘Fora da Cadeia’ Lobista Fernando Baiano é solto e cumprirá prisão domiciliar

Ele estava preso há um ano no Complexo Médico-Penal em Pinhais. Fernando Baiano foi levado para o prédio da Justiça Federal, onde foi instalada uma tornozeleira eletrônica, e foi autorizado a voltar para o Rio de Janeiro para cumprir prisão domiciliar.

Baiano foi preso em novembro do ano passado, quando se entregou para a Polícia Federal durante investigações da Operação Lava Jato. Ele é apontado como o operador do PMDB no esquema de corrupção envolvendo empreiteiras, partidos políticos e a Petrobras.

Durante as negociações para assinar a delação premiada, Fernando Baiano disse aos investigadores que teria informações para entregar sobre a participação de políticos no esquema, entre eles o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o presidente do Senado,Renan Calheiros (PMDB-AL).

Em setembro deste ano, o lobista enfim assinou o termo de delação premiada com a Polícia Federal. Em seu depoimento, ele admitiu ter montado estratégias junto com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para cobrar US$ 16 milhões em propina atrasada do lobista Juilo Gerin Camargo.

Como parte do acordo de delação premiada, Baiano só poderia ficar detido por um ano, prazo que terminou nesta quarta. Segundo o portal G1, ele terá que usar tornozeleira eletrônica e não poderá sair de casa sem autorização judicial.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

97