26/07/2016

20:21

Por: Alberto Silva

Fato – Aviões da Marinha colidem durante treino para Rio-2016

A outra aeronave —do mesmo modelo— conseguiu pousar, mas está danificada. A Marinha começou uma apuração para entender as causas do acidente.

Um caça da Marinha brasileira caiu após colidir com outra aeronave durante um treinamento militar na tarde desta terça-feira em Saquarema, região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Segundo informações da Marinha, o piloto do caça conseguiu ejetar e caiu no mar. Uma operação de busca está em andamento para tentar resgatá-lo do mar.

O avião que caiu é o AF1 Skyhawk. O modelo faz parte do programa de modernização de 12 caças da Marinha promovido pelo Ministério da Defesa para os Grandes Eventos.

A Marinha do Brasil, em complemento à nota publicada anteriormente, informa que duas aeronaves AF-1B encontravam-se realizando treinamento de ataque a alvos de superfície com a Fragata "Liberal", a cerca de 100 Km ao largo do litoral de Saquarema-RJ.

A outra aeronave —do mesmo modelo— conseguiu pousar, mas está danificada. A Marinha começou uma apuração para entender as causas do acidente.

Leia a nota oficial da Marinha

A Marinha do Brasil, em complemento à nota publicada anteriormente, informa que duas aeronaves AF-1B encontravam-se realizando treinamento de ataque a alvos de superfície com a Fragata “Liberal”, a cerca de 100 Km ao largo do litoral de Saquarema-RJ.

Durante o voo de afastamento do navio, em formatura tática, para a realização de um novo ataque, houve a colisão entre as aeronaves, com a provável ejeção do piloto e queda de uma delas no mar. As operações de busca e salvamento foram iniciadas imediatamente com o emprego de navios, aeronaves, além de lanchas de apoio do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro.

A segunda aeronave conseguiu retornar e pousar, com segurança, na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia-RJ. Até o momento, o piloto não foi encontrado. As buscas prosseguirão pelo período noturno com o emprego de navios e aeronaves.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96