16/06/2016

17:39

Por: Alberto Silva

Ex-líder petista promete processar Sérgio Machado

Ex-líder do PT e do governo durante a gestão do ex-presidente Lula, Cândido Vaccarezza classificou as acusações feitas pelo delator Sérgio Machado como “criminosas” e “mentirosas” e prometeu processar o ex-presidente da Transpetro. Em acordo de delação, o empresário envolveu ao menos vinte políticos no esquema de corrupção da Petrobras, entre eles o ex-deputado petista.

Segundo Machado, Vaccarezza recebeu, como acerto de pagamento de propina, 500.000 reais da empreiteira Camargo Corrêa por meio de doações eleitorais. O ex-parlamentar nega e afirma que sequer há esse repasse na prestação de contas do Tribunal Superior Eleitoral referentes a 2010. “Como é uma acusação criminosa e mentirosa, eu vou processá-lo por danos morais e denúncia caluniosa”, disse Vaccarezza, que esteve na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira.

“O Sérgio Machado não tinha intimidade comigo para falar de dinheiro. Nunca falei com ele de dinheiro”, continuou.

Como é uma acusação criminosa e mentirosa, eu vou processá-lo por danos morais e denúncia caluniosa", disse Vaccarezza, que esteve na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104