25/08/2016

10:24

Por: Alberto Silva

Em SP serviço de poda e remoção de árvores cai 30% e reclamações aumentam

Moradores de São Paulo viveram momentos de terror quando, em apenas dois dias, mais de 180 árvores caíram na cidade por conta de um temporal. Além dos prejuízos financeiros daquele 16 e 17 de maio, uma pessoa morreu e oito ficaram feridas com as quedas. Ainda assim, os serviços de poda e remoção, que servem para evitar o problema, despencaram no último ano e as reclamações só aumentaram.

Se entre janeiro e agosto de 2015 foram 80.911 podas e 11.905 remoções, no mesmo período deste ano somente 55.952 árvores foram podadas e 9.110, removidas, representando uma queda de 30% dos dois serviços pela Prefeitura paulistana.

Ao mesmo tempo, a Ouvidoria Geral do Município registrou amplo aumento no número de reclamações em relação aos serviços de jardinagem: de 62,25 ao mês no primeiro semestre de 2014, elas passaram para 148,3 mil no mesmo período de 2015 e para 117,6 mil entre janeiro e junho deste ano.

“Os moradores reclamam que tem de esperar por muito tempo depois de fazerem o pedido”, afirma a presidente da Associação dos Moradores e Amigos da Mooca, Crescenza Gianoccaro de Sousa Neves, mais conhecida como dona Zina. “E a situação não evolui porque há poucos engenheiros agrônomos fazendo este trabalho.”

(Via Agencia)

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

94