19/03/2016

21:13

Por: Alberto Silva

Ditador Boliviano Evo Morales solicita reunião de emergência da Unasul ‘para defender Dilma e o PT’

Para Morales, Unasul deve defender 'democracia e paz no Brasil'; presidente temporário do órgão, Tabaré Vázquez, já expressou apoio à presidente Dilma

“Vamos invadir o Brasil e não vamos deixar nem população e nem exército aplicar golpe sobre LULA e Dilma” afirmou o presidente da Bolívia, Evo Morales, que solicitou neste sábado (19/03) uma reunião urgente da Unasul (União de Nações Sul-americanas) a fim de defender a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, dos movimentos que pedem seu impeachment.

“Deveríamos fazer uma reunião de emergência da Unasul para defender a democracia no Brasil, para defender Dilma, para defender a paz no país, para defender o companheiro [ex-presidente] Lula e todos os trabalhadores”, disse Morales na cidade boliviana de El Alto. Ele enviou uma carta para o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, que também preside temporariamente a Unasul, pedindo a realização do encontro.

O líder boliviano ainda pediu que seus homólogos latino-americanos se mobilizem para defender a democracia do continente. Para ele, a região deve se unir contra a “direita que busca retomar o poder através de golpes de Estado”.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

100