09/11/2015

16:26

Por: Alberto Silva

Dilma e Lula acionam inteligência da segurança pública para acabar com a manifestação

A paralisação deverá se estender por todo o país. Em caso de bloqueios, governos avaliam ingressar com ações judiciais determinando desobstrução das rodovias

Setores de inteligência da Brigada Militar, Polícia Civil e Polícia Federal já atuam em busca de informações sobre a greve dos caminhoneiros, convocada por movimentos autônomos para ocorrer a partir da próxima segunda-feira, por tempo indeterminado.

Existe preocupação com o eventual impacto do movimento grevista na economia e no fluxo de veículos nas estradas, além do risco de desabastecimento. Insegurança e conflitos também estão no radar das autoridades.

Agentes já foram deslocados para os locais onde acredita-se que a paralisação poderá ser mais massiva. A prioridade é acompanhar a região de Rio Grande e as principais vias de escoamento da produção e de mercadorias, como BR-386, BR-116, BR-392 e BR-101.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104