15/04/2016

21:04

Por: Alberto Silva

Dilma decide ir à TV para barrar o impeachment, ela quer pedir ajuda a você, agora?

Isso porque a oposição pode acusar a presidente de usar a máquina pública em seu favor para barrar um processo de impeachment contra ela própria.

O desespero da presidente Dilma é aparente. Dentro do Planalto é possível perceber o abatimento e o sentimento de derrota por parte dela e de todos os governistas. Nem Lula acredita mais na possibilidade de salvar o mandato da governante.

Porém, como a esperança é a última que morre, Dilma pretende fazer um pronunciamento na TV na véspera da votação do impeachment. Vai ser a cartada final da presidente na tentativa de barrar o seu afastamento. Pode ser que dê certo, mas pode piorar ainda mais a situação da governante.

Isso porque a oposição pode acusar a presidente de usar a máquina pública em seu favor para barrar um processo de impeachment contra ela própria. De acordo com a lei, ela tem total direito de defesa e aparecer na televisão não é crime, nem nunca foi. Mas do jeito que a política brasileira está parecendo um jogo de futebol, com certeza essas acusações virão e serão combustível para acabar de vez com Dilma Rousseff.

Porém, como a esperança é a última que morre, Dilma pretende fazer um pronunciamento na TV na véspera da votação do impeachment.

O pronunciamento deve ser feito no sábado. Um dia antes da votação que pode tirar pela segunda vez na nossa nova democracia um presidente da cadeira que ocupa. A primeira foi com Collor em 1992.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

103