12/04/2016

23:10

Por: Alberto Silva

Deputado mais corrupto da história do país sai da lista da Interpol

Ele está liberado para poder viajar para o país que quiser. Uma boa oportunidade para largar a política, o Brasil e sumir daqui de uma vez por todas.

Enfim, o deputado mais corrupto da história do país saiu da lista da Interpol. Paulo Maluf (PP-SP), que votou a favor do impeachment, mesmo afirmando que não há crime de responsabilidade, está livre das garras da polícia internacional.

Agora sim o garotão de 84 anos vai poder visitar a Suíça, as Ilhas Caymans e onde mais tiver dinheiro guardado de forma ilegal. Ele está liberado para poder viajar para o país que quiser. Uma boa oportunidade para largar a política, o Brasil e sumir daqui de uma vez por todas.

Além do Malufão, o filho dele, Flávio Maluf, também saiu da lista. Ambos estavam sendo procurados pela Interpol desde 2010. Eles estavam sendo acusados por um desvio de dinheiro superior aos 11 milhões de dólares. O dinheiro teria saído de cofres públicos brasileiros e foram parar em uma conta num banco localizado na cidade de Nova York, Estados Unidos.

Maluf e nem a Interpol informaram ainda o motivo de ele ter saído da lista. Mas coisa boa, vinda do Maluf, pode ter certeza que não é!

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

106