18/12/2015

18:07

Por: Alberto Silva

“Brasil, o paraíso dos ladrões” Como Youssef, Cerveró também vai passar fim de ano com família

Assim como o doleiro Alberto Youssef, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró também passará o final de ano com a família, numa saída temporária da carceragem da Polícia Federal no Paraná.

Tanto Cerveró quanto Youssef são colaboradores da Operação Lava Jato, que investiga desvios de dinheiro em obras da Petrobras.

Segundo a Folha apurou, a saída temporária está prevista no acordo de delação premiada firmado com a Procuradoria-Geral da República, e foi autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

O ex-diretor da Petrobras deixará a carceragem entre os dias 23 de dezembro e 2 de janeiro, mesmo período em que Youssef ficará fora.

Cerveró será monitorado por uma tornozeleira eletrônica e terá proteção policial permanente.

Há uma grande preocupação com relação à segurança do delator: foi sua colaboração que forneceu a gravação que levou à prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) e do banqueiro André Esteves, do BTG Pactual.

Por causa disso, não foi divulgado em qual cidade Cerveró irá ficar nesse período.

No caso de Youssef, conforme revelou reportagem da Folha, a família do doleiro deve alugar uma casa em Curitiba ou região metropolitana. O local exato, que precisa abrigar agentes da PF num espaço independente, ainda está sendo procurado pelos familiares.

As três filhas de Youssef devem passar o fim de ano junto com o pai. Todos os custos da hospedagem serão pagos pela família.

(Via agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104