28/11/2015

00:20

Por: Alberto Silva

Bomba !! 13 senadores, entre eles, Gleisi, Collor e Renan são investigados e podem perder o mandato

Gleisi, Renan e outros investigados, se tivessem um pingo de vergonha na cara, deveriam já ter renunciado, mas como não o farão, o povo deve protestar com todas as forças, no mundo real, nas ruas e também no mundo virtual, até a extaustão, sem trégua, para que esses e outros politicopatas, independente do partido, caiam fora, sejam banidos e que devolvam o que roubaram aos sofres públicos

Com a prisão de Delcídio do Amaral, agora são 13 os senadores investigados na Operação Lava Jato. Entre eles, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), a ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o senador Fernando Collor de Mello (PTB).

O líder do governo está preso por tempo indeterminado. Mas no Congresso, o futuro político de Delcídio do Amaral ainda é incerto. Ele continua com mandato, que até pode ser cassado por quebra de decoro parlamentar. Mas para isso, um partido político, ou a Mesa Diretora do Senado, tem que fazer uma representação contra o senador no Conselho de Ética, o que ainda não aconteceu.

O presidente do Conselho, senador João Alberto (PMDB-MA), votou contra a prisão de Delcídio. Na quinta-feira (26) ele disse, por telefone, que não quer avaliar a situação do senador. Quer estudar os fatos e não pode prejulgar. Disse que o Conselho só pode agir se for provocado, o que não aconteceu nem em relação ao líder do governo, nem em relação aos outros investigados na Lava Jato.

OPOSIÇÃO FROUXA DIZ QUE VAI AGIR COM ‘CAUTELA’

Outros senadores foram cautelosos. Dizem que preferem esperar mais alguns dias. O líder doPSDB, Cássio Cunha Lima, afirmou que, se até terça-feira a Mesa Diretora não provocar o Conselho, a oposição deve fazer isso.

“Os partidos de oposição haverão de se reunir e farão a notificação ao Conselho de Ética para tomar providências em relação ao mandato do senador, mas eu quero crer que a Mesa Diretora o fará antes”, disse o líder.

Dos sete titulares da Mesa, três são investigados na Lava Jato. E outros dois são senadores do PT que votaram contra a prisão de Delcídio do Amaral em plenário, na quarta-feira (25). ***(Com informações de Bom Dia Brasil/Globo) Via FCS

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

104