11/10/2016

09:29

Por: Alberto Silva

Biel estupra jornalista e é condenado por assédio sexual

Biel não deve se livrar tão cedo da Justiça

Biel não deve se livrar tão cedo da Justiça. Um dia após fazer um acordo judicial em que terá que pagar R$ 4,4 mil para uma instituição de caridade, o cantor agora vai ter que enfrentar o Ministério Público em uma denúncia de assédio sexual, de acordo com o jornal “Extra”.

O acordo feito na segunda-feira (10) foi referente ao processo de injúria contra Biel. Após pedir desculpas pessoalmente à repórter Giulia Pereira, que acusou o cantor de assédio durante uma entrevista, o artista agora vai responder ao Ministério Público com base nos depoimentos, vídeos e áudios anexados no inquérito. Biel não respondeu inicialmente pela acusação de assédio pois há uma brecha na lei afirmando que precisa existir vínculo de trabalho para o assédio ser considerado pela justiça.
A advogada de Giulia disse que sua cliente, que afirmou não dar abertura aos comentários, ficou aliviada com a decisão judicial. “É uma pena branda, mas infelizmente é a legislação. Ela está tranquila e aliviada. Vamos começar de novo daqui para frente, esperando que isso tenha sido uma lição para a vida de Biel, pois ele é um profissional que forma opiniões”, declarou Ana Paula Cortez, deixando claro que a jornalista vai processar o portal IG, onde trabalhava durante e entrevista e foi demitida 15 dias após a denúncia.

Biel até anunciou uma pausa na carreira após o escândalo, e mesmo com uma alfinetada da apresentadora Fátima Bernardes, voltou a fazer shows dois meses depois.

Biel até anunciou uma pausa na carreira após o escândalo, e mesmo com uma alfinetada da apresentadora Fátima Bernardes, voltou a fazer shows dois meses depois.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91