13/10/2016

13:01

Por: Anny Grego

Bebê sobrevive depois de ser esfaqueado 14 vezes e ser enterrado vivo pela própria mãe

Agora, Aidin se recupera bem e parece estar realmente muito contente pela nova chance de viver!

A chegada de um bebê é sempre uma alegria para os pais. Mas no caso dessa família, as coisas foram completamente diferentes.

Um bebê de sete meses chamado Aidin, foi jogado em uma cova na Tailândia poucos dias depois de seu nascimento e como se não bastasse a crueldade, ele ainda foi esfaqueado 14 vezes

No entanto, por uma sorte divina, ele foi encontrado por um fazendeiro Kachit Krongyut, que andava pela região e viu um pé saindo do chão debaixo de uma árvore de eucalipto. Em seguida, ele ouviu gritos do menino e então percebeu que era um bebê enterrado vivo.

Esperamos que a justiça seja feita, mas o mais importante é que Aidin se recupere e seja imensamente feliz com sua nova família.

No início, eu pensei que alguém tinha enterrado seu animal de estimação vivo, mas então eu vi um pé. Eu tentei me controlar para conseguir pedir ajuda, mas o bebê foi enterrado com sua face voltada para baixo, foi horrível”, conta Kachit Krongyut.

Krongyut começou a cavar freneticamente a terra com as próprias mãos para tirar o recém-nascido de lá de dentro. Finalmente ele conseguiu, então, levou Aidin ao hospital para se recuperar dos graves ferimentos em seu pequeno corpo. Os médicos prontamente disseram que a pressão do solo contra o corpo de Aidin que impediu que ele sangrasse até a morte.

Ele tem muita sorte. Algumas horas mais tarde e ele poderia não ter sobrevivido. Estamos muito felizes que ele tenha encontrado um lar amoroso para viver. Ele vai fazer o bem na terra, temos certeza disso”, afirma Krongyut.

Quanto ao responsável pela atrocidade, algumas pegadas e uma trilha de moto deixadas na cena ajudaram a polícia a encontrar a criminosa: a própria mãe de Aidin. A mulher tem 42 anos de idade e segundo os médicos, ela pode ter abusado do menino antes de cometer a barbaridade. A mãe de Aidin foi acusada de tentativa de homicídio e abandono de incapaz. A suspeita é de que a mulher tenha feito isso pois abortos são ilegais na Tailândia.

A newborn baby who staged a miracle recovery after being stabbed 14 times and buried alive is to be adopted A newborn was rescued after he was found buried alive in a field in Wangyai district of Khon Kaen province. The person who discovered the baby, Kachit Krongyut, 53, said she was taking her six cows out to eat grass in the field when she heard voices. Then she noticed there was a spot that looked like it was recently dug up. She felt the soil with her hand and to her shock, a baby's foot emerged from the ground. So she quickly called her family to rescue the baby and send it to hospital. "At first, I thought someone buried their pets alive, but then I saw a foot. I tried to control myself and called for help. The baby was buried with its face facing down," Kajit said. Her husband Pornchai, who took part in the rescue, added the baby was buried in a 20 centimeter-deep hole. He noticed footsteps and nearby traces of a motorbike from the possible suspect, and has informed police. Wangyai Hospital doctors said the baby boy appeared to show signs of physical abuse with several bruises on his stomach. His condition was described as stable. Police believe the person who buried the baby was a resident in the area as the investigation is underway Anupong Khotmanee/Exclusivepix Media

Agora, Aidin se recupera bem e parece estar realmente muito contente pela nova chance de viver!

Esperamos que a justiça seja feita, mas o mais importante é que Aidin se recupere e seja imensamente feliz com sua nova família.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92