05/10/2016

13:51

Por: Alberto Silva

Apresentador da Record é acusado de ter ligações com a máfia

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, o jornalista, que é ex-deputado estadual por Tocantins, foi condenado pela Justiça Eleitoral

Marcos Paulo Ribeiro Morais, conhecido como Marcão do Povo, que foi anunciado pela Record como o novo apresentador da versão do “Balanço Geral” exibida no Distrito Federal, já teve problemas com a Justiça.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, o jornalista, que é ex-deputado estadual por Tocantins, foi condenado pela Justiça Eleitoral em 2010 por abuso de poder econômico e teve os direitos políticos cassados por três anos.

O âncora também foi investigado pelo Ministério Público Estadual após ser citado em uma investigação feita pela 1ª Delegacia de Gurupi (TO), suspeito de ter ligações com a máfia de caça-níquéis do Estado.

Procurada pelo colunista, a Record preferiu não se manifestar sobre o assunto. Aliados de Marcão foram ouvidos e disseram que a acusação sobre a máfia foi implantada por inimigos para prejudicá-lo, mas evitaram comentar o processo eleitoral.

Procurada pelo colunista, a Record preferiu não se manifestar sobre o assunto. Aliados de Marcão foram ouvidos e disseram que a acusação sobre a máfia foi implantada por inimigos para prejudicá-lo, mas evitaram comentar o processo eleitoral.

À frente do “Balanço Geral”, Ribeiro alavancou os índices do jornalístico, ao ponto de deixar a emissora na vice-liderança isolada.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92