03/10/2016

11:31

Por: Alberto Silva

Acre registrou 16 ocorrência durante toda a votação, aponta TRE

De 1.799 urnas, apenas 15 foram substituídas, segundo o presidente.
TRE-AC acredita que objetivos foram alcançados durante a Eleição.

Com 86% das urnas apuradas, o presidente do Tribunal Regional do Acre (TRE-AC), o desembargador Roberto Barros, deu coletiva para falar sobre o andamento da votação nas 22 cidades do Acre. O magistrado avalio o processo de eleição como tranquilo. Em todo o estado, foram registradas apenas 16 ocorrências.

Barros enumerou os objetivos do órgão durante o pleito de 2016. Segundo o presidente, das 1799 urnas, apenas 15 foram substituídas. Ele destaca também que nenhuma ocorrência em locais de votação foi registrada.

“O Exército e as polícias na rua cumpriram seu papel de forma exemplar. O nosso segundo objetivo também era ter uma eleição com poucas urnas dando problema e apenas 15, no universo de 1.799. O terceiro objetivo era evitar o derrame de santinhos porque a legislação vetou essa ação. O quarto era o combate à corrupção. Já tivemos algumas prisões e a polícia deve revelar mais detalhes nos próximos dias”, disse o desembargador.

Ao todo, foram registradas 16 ocorrências: oito por boca de urna; dois transporte ilegal; uma propaganda irregular; 3 por corrupção; e dois outros fatores.

Participaram da eleição deste domingo (2), eleitores de 22 municípios do Acre. Em todo o estado, foram 78 candidatos a prefeito e 2.031 candidatos a vereador. Entre os 816.687 habitantes, 532.452 estão aptos a votar.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 51% dos eleitores são mulheres e 49% são homens. Entre as faixas etárias, a maioria dos eleitores está entre os 25 e os 29 anos (12,59%). O grau de instrução mais comum entre os votantes é o ensino fundamental incompleto (23,24%).

(Via agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

89