21/04/2016

21:53

Por: Alberto Silva

A “marvada” da pinga que eu me atrapaio – Ex-ministro de Dilma é pego no bafômetro

Alves é aliado antigo de Temer e saiu do governo por causa do desembarque do PMDB.

O ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), teve sua Carteira Nacional de Habilitação retida por se recusar a fazer o teste do bafômetro. O político foi o último presidente da Câmara dos Deputados, logo antes do achacador-mor Eduardo Cunha.

Alves é aliado antigo de Temer e saiu do governo por causa do desembarque do PMDB. Agora, vai ter que responder a um processo por se recusar a soprar o bafômetro. Alem do ex-ministro, 16 pessoas foram presas na operação que ocorreu na capital potiguar, Natal.

Henrique Alves tem até cinco dias úteis para ir ao Detran e reaver o documento. “Sem o teste do bafômetro não ficou comprovada a ingestão de bebida alcoólica. Assim, ele não vai responder criminalmente. Mas, ele ainda vai responder administrativamente e vai pagar multa de R$ 1.915,40″, explicou o capitão chefe da operação, Styvenson Valentim, ao G1.

Será que ele estava com LULA? Agora, vai ter que responder a um processo por se recusar a soprar o bafômetro.

No total foram 132 CNHs recolhidas pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Alves ainda vai perder sete pontos na carteira, por conta da infração grave que cometeu.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

105