12/04/2016

17:58

Por: Alberto Silva

A guerra no Planalto está declarada, para Dilma, Michel Temer é o chefe do golpe do Impeachment

Em guerra declarada ao vice-presidente da República, Michel Temer, a presidente Dilma Rousseff classificou de conspirador e um dos chefes do que chama de golpe do impeachment, em um discurso no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (12), sem mencionar seu nome em nenhum momento.

“Ontem utilizaram a farsa do vazamento para difundir a ordem unida da conspiração”, disse Dilma em evento sobre educação, ao se referir a áudio vazado na véspera no qual Temer faz um discurso como se o impeachment de Dilma já tivesse sido aprovado pela Câmara dos Deputados.

O desespero total no planalto, guerra declarada coloca Dilma e Temer de uma vez um contra o outro e quem se prejudica é nossa nação #Foraosdois

“Ontem ficou claro que existem sim dois chefes do golpe que agem em conjunto e de forma premeditada”, acrescentou a presidente, numa alusão a Temer e ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), ambos do PMDB.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

105