10/12/2015

12:07

Por: Alberto Silva

A crise chegou, desemprego bate novo recorde e povo não consegue pagar nem as contas básicas

Se pela somatória até Outubro já tinhamos mais de 13 milhões medindo rua, desempregados, preocupados, imagina agora que os próprios 'dados manipulados' do governo apontam aumento de desempregados em Outubro e Novembro?

A perda do emprego é o motivo mais frequente para a inadimplência dos brasileiros. Segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (9) pela Serasa, 26% dos inadimplentes apontam o desemprego como explicação para as contas atrasadas. O segundo maior motivo para a inadimplência é o descontrole financeiro, apontado por 17%, seguido pelo esquecimento na hora de pagar as contas (7%). Outros 7% dizem ter emprestado o nome para terceiros, e 7% justificam com despesas extras com serviços, educação e saúde. O percentual de inadimplentes que apontam o desemprego como causa é maior no Sudeste, onde alcança 33% do total de entrevistados. O Nordeste vem em segundo, com 28% dos entrevistados afirmando ser essa a causa do nome sujo, seguido pelo o Sul, com 23% e o Norte, com 13%. ***(Com informações de Circuito Mato Grosso)

Via Folha Centro Sul << Acesse

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

103