24/07/2016

10:37

Por: Alberto Silva

A Capital Mineira Belo Horizonte inicia a corrida pela prefeitura com PSDB liderando, João Leite tem apoio de Anastasia e Aécio Neves, veja aqui…

Já o empresário e ex-presidente do Atlético Alexandre Kalil disputa o cargo pela primeira vez.

Os candidatos do PSDB, João Leite, e do PHS, Alexandre Kalil, largaram na frente na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte. Eles lideram os cenários de primeiro turno e vencem todos os rivais nas simulações de segundo turno testadas pelo DataTempo/CP2. A menos de quatro meses da disputa, as candidaturas ainda estão se consolidando, mas já é possível prever um cenário de luta acirrada pelo comando da capital.

Beneficiado pelo fato de já ter sido candidato a prefeito duas vezes e ter longa trajetória na política, o deputado estadual João Leite aparece à frente em todos os cenários e vence as disputas de segundo turno contra todos os concorrentes. O tucano já disputou um segundo turno na eleição de 2000, quando acabou derrotado por Célio de Castro (PSB). Quatro anos depois, abriu a campanha em ampla vantagem, assim como agora, mas acabou perdendo ainda no primeiro turno para Fernando Pimentel (PT).

Já o empresário e ex-presidente do Atlético Alexandre Kalil disputa o cargo pela primeira vez. Mesmo sem mandatos eletivos, ele já entra na disputa em segundo lugar nos cenários de primeiro turno, à frente de políticos tradicionais da capital, e perde apenas para João Leite nas simulações de segundo turno.

Beneficiado pelo fato de já ter sido candidato a prefeito duas vezes e ter longa trajetória na política, o deputado estadual João Leite aparece à frente em todos os cenários e vence as disputas de segundo turno contra todos os concorrentes. O tucano já disputou um segundo turno na eleição de 2000, quando acabou derrotado por Célio de Castro (PSB).

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96